Phelps vai usar premiação olímpica para criar fundação

quarta-feira, 3 de setembro de 2008 17:10 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O nadador dos Estados Unidos Michael Phelps disse que vai usar o bônus de 1 milhão de dólares que ganhou de um patrocinador por ter conquistado oito medalhas de ouro na Olimpíada de Pequim para abrir uma fundação.

A primeira iniciativa da Fundação Michael Phelps será uma turnê por oito cidades dos Estados Unidos durante a qual Phelps irá discutir as experiências olímpicas com crianças.

"Graças a muito trabalho duro, um pouco de sorte, a inspiração que tirei de muitos torcedores no mundo todo, e a companheiros de equipe incríveis, eu consegui alcançar o sonho de conquistar as oito medalhas de ouro em Pequim", disse Phelps em nota.

"Agora, meus objetivos vão além da piscina, para ajudar outros a realizarem seus sonhos e para continuar crescendo no esporte que amo tanto", acrescentou o nadador.

A fornecedora de material esportivo Speedo havia prometido 1 milhão de dólares a Phelps se ele igualasse o recorde de sete medalhas de ouro de seu compatriota Mark Spitz, que levou sete ouros na Olimpíada de 1972, em Munique.

Entretanto, Phelps ganhou oito medalhas em Pequim, estabelecendo um novo recorde para uma única edição dos Jogos. O nadador natural de Baltimore tem 14 medalhas de ouro olímpicas na carreira, outro recorde.

(Reportagem de Steve Ginsburg)