Mourinho descarta onda de contratações na Inter de Milão

terça-feira, 3 de junho de 2008 11:56 BRT
 

MILÃO (Reuters) - Ao ser apresentado como novo técnico da Inter de Milão, o português José Mourinho disse nesta terça-feira que não vai promover uma onda de contratações e que deve levar apenas dois ou três jogadores ao time atual campeão italiano.

Ele não descartou, entretanto, fazer propostas por seus ex-comandados no Chelsea.

"Quando eu leio a imprensa mundial, parece que vou trabalhar com um elenco de 60 jogadores. Isso não é verdade", disse o treinador numa concorrida entrevista coletiva no centro de treinamento do clube, um dia após o anúncio de sua contratação como novo técnico da equipe pelos próximos três anos.

"Gosto dos jogadores (da Inter). Eles formam um belo time. Não preciso de mudanças dramáticas na equipe. Acho que precisamos de dois ou três jogadores para melhorar e sermos mais competitivos."

Os jogadores do Chelsea Frank Lampard, Michael Essien, Ricardo Carvalho e Didier Drogba estariam entre os possíveis reforços pretendidos por Mourinho, de acordo com reportagens da imprensa em Itália e Inglaterra. A dupla do Barcelona Deco e Samuel Eto'o também estaria nos planos.

"Acho normal que, como consequência do relacionamento que tenho com os jogadores do Chelsea, quase todos eles queiram trabalhar comigo no futuro. E o mesmo vale para mim (em relação a voltar a trabalhar com os ex-comandados)", disse ele quanto perguntado sobre a especulação.

(Por Paul Virgo)

 
<p>O portugu&ecirc;s Jos&eacute; Mourinho se apresenta oficialmente a Inter de Mil&atilde;o, em Appianto Gentile, dia 3 de junho. Ao ser apresentado como novo t&eacute;cnico da Inter de Mil&atilde;o, o portugu&ecirc;s Jos&eacute; Mourinho disse nesta ter&ccedil;a-feira que n&atilde;o vai promover uma onda de contrata&ccedil;&otilde;es e que deve levar apenas dois ou tr&ecirc;s jogadores ao time atual campe&atilde;o italiano. Photo by Stefano Rellandini</p>