3 de Agosto de 2008 / às 15:40 / 9 anos atrás

Massa pára a 3 voltas do fim e Kovalainen vence na Hungria

BUDAPESTE (Reuters) - Heikki Kovalainen comemorou sua primeira e surpreendente vitória no Grande Prêmio da Hungria neste domingo graças à quebra do motor da Ferrari de Felipe Massa, que liderava a três voltas do final.

O finlandês Kovalainen capitalizou a má sorte do brasileiro e terminou na frente da Toyota do alemão Timo Glock, debutante no pódio, e do companheiro de equipe de Massa, o também finlandês Kimi Raikkonen.

Lewis Hamilton, da McLaren, continua no topo da tabela apesar de um pneu furado pouco depois da metade da prova ter causado a chegada na quinta colocação, atrás do ex-companheiro de equipe da Renault, o bicampeão espanhol Fernando Alonso.

O britânico Hamilton agora tem uma vantagem de cinco pontos sobre Raikkonen no campeonato, com Massa caindo para a terceira colocação, três pontos abaixo.

"Claro que lamento um pouco por Felipe, porque o mesmo aconteceu comigo algumas vezes este ano", disse Kovalainen. "Mas estou muito feliz hoje, claro, depois de passar por tantas dificuldades com minha equipe."

"Massa e Lewis foram muito rápidos hoje, mas depois da metade as coisas melhoraram para mim. Eu simplesmente tentei pressionar Massa no final e fazer alguma coisa acontecer, e de fato aconteceu, aparentemente uma falha mecânica."

Massa parecia prestes a recuperar a liderança do campeonato depois da largada surpreendente.

Largando em terceiro, o brasileiro aproveitou a primeira curva para disparar adiante de seus dois adversários da McLaren e abrir uma dianteira segura.

Diante da quase impossibilidade de ultrapassagens no serpenteante circuito húngaro, Massa viu sua vantagem crescer quando Hamilton saiu da pista na 41a volta e se arrastou aos boxes com o pneu esquerdo dianteiro furado.

O brasileiro em seguida sofreu um problema muito mais grave quando o motor fundiu diante da grande arquibancada, faltando três voltas para o final e permitindo a Kovalainen arrebatar a inesperada vitória.

Nelsinho Piquet, da Renault, obteve a sexta colocação e o italiano Jarno Trulli subiu da nona para a sétima colocação, completando um ótimo final de semana para a Toyota.

A BMW Sauber sofreu uma decepção, pois seu primeiro piloto, Robert Kubica, despencou da quarta posição no grid de largada para o oitavo lugar, mesmo assim obtendo um ponto.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below