Com contusão de Márquez e Puyol, Barcelona fica quase sem defesa

quarta-feira, 3 de outubro de 2007 11:32 BRT
 

MADRI (Reuters) - O zagueiro Rafael Márquez, do Barcelona, vai ficar fora do time por cerca de um mês depois de ter rompido um músculo da perna direita, informaram os médicos do clube catalão nesta quarta-feira.

O jogador mexicano foi forçado, na terça-feira, a deixar o campo aos sete minutos da partida contra o Stuttgart, que o Barcelona venceu por 2 x 0 em jogo válido pela Liga das Campeões.

Os médicos, entretanto, estão mais otimistas quanto à recuperação do capitão da equipe, Carlos Puyol, que também deixou o campo por uma contusão similar.

"Ele distendeu sua panturrilha esquerda, mas tudo sugere que ele estará pronto para jogar no domingo", informou um comunicado do clube.

Com o meio-campista Yaya Toure e os zagueiros Gabriel Milito, Gianluca Zambrotta e o brasileiro Edmílson em tratamento, o Barcelona ficará no limite para a partida deste fim de semana contra o Atlético de Madrid, pelo Campeonato Espanhol.

"As contusões de Márquez e Toure significam que vamos ter de vir com algo diferente para o próximo jogo", disse o técnico do Barcelona, Frank Rijkaard, após a partida em Stuttgart.

(Por Simon Baskett)

 
<p>Rafael M&aacute;rquez do Barcelona sente contus&atilde;o durante jogo contra o VfB Stuttgart em Stuttgart, dia 2 de outubro. Os zagueiros Rafael M&aacute;rquez e Carlos Puyol juntaram-se &agrave; lista dos jogadores contundidos do Barcelona. Photo by Kai Pfaffenbach</p>