Hamilton se diz aliviado por liderança apesar de pneu furado

domingo, 3 de agosto de 2008 16:01 BRT
 

Por Mark Ledsom

BUDAPESTE (Reuters) - Líder do campeonato, Lewis Hamilton ficou aliviado quando o furo em seu pneu no Grande Prêmio da Hungria deste domingo foi compensado pela surpreendente quebra do motor da Ferrari do brasileiro Felipe Massa.

O piloto britânico da Mclaren, cujo pneu dianteiro esquerdo estourou no meio da corrida, parecia prestes a ceder a liderança do campeonato a Massa. Mas, faltando três voltas para o final, o brasileiro parou diante da grande arquibancada, permitindo a Heikki Kovalainen, companheiro de equipe de Hamilton, obter a inesperada primeira vitória na categoria.

"Não foi tão ruim quanto poderia ter sido, nem tão bom", disse Hamilton depois de cruzar na quinta colocação e levar quatro pontos, colocando-se a cinco de distância de Kimi Raikkonen, companheiro de Massa na Ferrari.

Massa caiu para a terceira colocação na tabela, três pontos atrás do segundo colocado, depois de ser privado do que pareciam ser dez pontos garantidos.

"Só fui alertado da possibilidade de haver óleo na reta de largada e chegada", disse Hamilton quando indagado sobre o que teria ouvido no rádio do carro sobre a má sorte do rival.

"Não pensei muito sobre o assunto, a não ser que era uma posição a mais para mim, o que é bom... É uma infelicidade que o pneu furado tenha sido o meu. Isso me aconteceu três vezes no ano passado, ou algo assim, e foi isso que me custou o campeonato", acrescentou.

"Por isso, foi uma situação do tipo 'ah não, de novo não', mas na verdade ajudou o fato de que Heikki tenha vencido e que (Timo) Glock tenha sido o segundo. Eles tiraram pontos de todos os outros, por isso fiquei bastante feliz."

PERSPECTIVA POSITIVA   Continuação...

 
<p>Lewis Hamilton, da McLaren, durante o GP da Hungria, 3 de agosto de 2008. Photo by Damir Sagolj</p>