Rio de Janeiro segue na disputa por Olimpíada de 2016

quarta-feira, 4 de junho de 2008 13:56 BRT
 

Por Karolos Grohmann

ATENAS (Reuters) - O Rio de Janeiro vai concorrer com Chicago, Tóquio e Madri pelo direito de sediar os Jogos Olímpicos de 2016, informou nesta quarta-feira o Comitê Olímpico Internacional (COI).

Essa é a primeira vez que a capital fluminense, sede dos Jogos Pan-Americanos de 2007, chega à segunda etapa do processo de escolha olímpica, após tentativas frustradas para os Jogos de 2004 e 2012.

"Esse talvez tenha sido o nosso grande legado do Pan. A nossa vitória. Passamos para a fase final, e não passaríamos sem o Pan-Americano", disse o prefeito do Rio, Cesar Maia, em vídeo distribuído por e-mail aos assinantes de seu ex-blog, citando a bem-sucedida realização do Pan.

O anúncio foi feito pela diretora de comunicação do COI, Giselle Davies, durante cerimônia em Atenas, na Grécia. As quatro cidades aspirantes tiveram suas candidaturas à sede dos Jogos aprovadas pelo comitê com base em questionários entregues em janeiro.

Praga (República Tcheca), Doha (Catar) e Baku (Azerbaijão), que também eram postulantes, não foram aprovadas para seguir no processo.

As cidades-candidatas agora devem enviar documentos detalhados sobre suas propostas completas para sediar o evento e serão visitadas por equipes de inspeção do COI. A decisão final sobre a cidade-sede dos Jogos de 2016 acontece em 2 de outubro de 2009, durante congresso do COI em Copenhague, na Dinamarca.

Pequim será o palco da Olimpíada deste ano, em agosto, e Londres foi escolhida sede dos Jogos de 2012.

TÓQUIO EM 1o, RIO EM 4o   Continuação...

 
<p>Rio de Janeiro segue na disputa por Olimp&iacute;ada de 2016. Membros da delega&ccedil;&atilde;o do Rio de Janeiro, entre eles Jo&atilde;o Havelange, o presidente do Comit&ecirc; Ol&iacute;mpico Brasileiro, Carlos Artur Nuzman, o ministro do Esporte, Orlando Silva, o prefeito da cidade, C&eacute;sar Maia, e o governador do Estado, S&eacute;rgio Cabral, comemoram em Atenas a candidatura da cidade &agrave; sede das Olimp&iacute;adas de 2016. 4 de junho. Photo by Yiorgos Karahalis</p>