4 de Junho de 2008 / às 16:32 / 9 anos atrás

Rio de Janeiro segue na disputa por Olimpíada de 2016

<p>Rio de Janeiro segue na disputa por Olimp&iacute;ada de 2016. Membros da delega&ccedil;&atilde;o do Rio de Janeiro, entre eles Jo&atilde;o Havelange, o presidente do Comit&ecirc; Ol&iacute;mpico Brasileiro, Carlos Artur Nuzman, o ministro do Esporte, Orlando Silva, o prefeito da cidade, C&eacute;sar Maia, e o governador do Estado, S&eacute;rgio Cabral, comemoram em Atenas a candidatura da cidade &agrave; sede das Olimp&iacute;adas de 2016. 4 de junho. Photo by Yiorgos Karahalis</p>

Por Karolos Grohmann

ATENAS (Reuters) - O Rio de Janeiro vai concorrer com Chicago, Tóquio e Madri pelo direito de sediar os Jogos Olímpicos de 2016, informou nesta quarta-feira o Comitê Olímpico Internacional (COI).

Essa é a primeira vez que a capital fluminense, sede dos Jogos Pan-Americanos de 2007, chega à segunda etapa do processo de escolha olímpica, após tentativas frustradas para os Jogos de 2004 e 2012.

“Esse talvez tenha sido o nosso grande legado do Pan. A nossa vitória. Passamos para a fase final, e não passaríamos sem o Pan-Americano”, disse o prefeito do Rio, Cesar Maia, em vídeo distribuído por e-mail aos assinantes de seu ex-blog, citando a bem-sucedida realização do Pan.

O anúncio foi feito pela diretora de comunicação do COI, Giselle Davies, durante cerimônia em Atenas, na Grécia. As quatro cidades aspirantes tiveram suas candidaturas à sede dos Jogos aprovadas pelo comitê com base em questionários entregues em janeiro.

Praga (República Tcheca), Doha (Catar) e Baku (Azerbaijão), que também eram postulantes, não foram aprovadas para seguir no processo.

As cidades-candidatas agora devem enviar documentos detalhados sobre suas propostas completas para sediar o evento e serão visitadas por equipes de inspeção do COI. A decisão final sobre a cidade-sede dos Jogos de 2016 acontece em 2 de outubro de 2009, durante congresso do COI em Copenhague, na Dinamarca.

Pequim será o palco da Olimpíada deste ano, em agosto, e Londres foi escolhida sede dos Jogos de 2012.

TÓQUIO EM 1o, RIO EM 4o

A capital japonesa, Tóquio, recebeu a melhor avaliação técnica do grupo de trabalho do COI, à frente de Madri, na Espanha. A norte-americana Chicago e Doha ficaram empatadas em terceiro, à frente do Rio, que foi o quarto.

Ainda assim, Doha não prosseguiu na disputa. Membros do COI argumentaram que a cidade, de cerca de 500 mil habitantes, é muito pequena para receber um evento de tal magnitude.

A comitiva brasileira em Atenas, integrada pelo Ministro do Esporte, Orlando Silva Júnior, pelo Governador do Rio, Sérgio Cabral, por Cesar Maia e pelo presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, comemorou a aprovação ao Rio.

“Temos que estar felizes da vida, porque uma cidade de um país que nunca realizou os Jogos Olímpicos ter entrado na fase final não acontecia há três edições”, disse Nuzman em entrevista à TV Globo, logo após o anúncio na capital grega.

“Estamos nessa estrada, superamos as dificuldades, e hoje a dimensão do Brasil é em favor dos Jogos Olímpicos”, acrescentou.

Durante o processe seletivo para os Jogos de 2012, o Rio foi eliminado na primeira fase, após ter recebido notas baixas dos avaliadores em quesitos como instalações esportivas, acomodações e transporte, além de segurança.

A atual proposta tem como base a concentração de atividades na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade, como aconteceu no Pan-Americano do ano passado.

Tóquio e Madri, que ficou em terceiro lugar na eleição para os Jogos de 2012, atrás de Londres e Paris, aparecem como principais favoritas no atual processo, após as notas recebidas pelos avaliadores técnicos.

“Nós admiramos muito os valores do movimento olímpicos e vemos os Jogos de 2016 como uma oportunidade de ouro para impulsionar uma Madri moderna, que é um lugar de sucesso, dinâmico e inclusivo para se viver, trabalhar e jogar”, disse após o anúncio Mercedes Coghen, líder da campanha Madri 2016.

Reportagem de Karolos Grohmann; Texto de Pedro Fonseca

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below