Federer fica irritado após sofrer 2a derrota seguida

terça-feira, 4 de março de 2008 16:35 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Para um homem que normalmente é o exemplo de um campeão tranquilo, Roger Federer está claramente preocupado.

A derrota de segunda-feira na primeira rodada do Torneio de Dubai para Andy Murray, que tirou do suíço a chance de defender o título, foi o segundo resultado negativo consecutivo do número um do mundo.

Após ter perdido para o sérvio Novak Djokovic na semifinal do Aberto da Austrália, em janeiro, Federer esperava reencontrar o caminho de vitórias nesta semana.

Mas a estratégia de reduzir o número de torneios para manter a forma física para as competições mais importantes parece não estar surtindo efeito.

Enquanto a maioria de seus rivais jogou três ou quatro competições este ano antes de chegar ao Oriente Médio, Federer estava apenas em sua segunda competição na temporada.

"Minhas expectativas não estão altas neste momento", disse o tenista, de 26 anos, que está 214 semanas na liderança do ranking mundial.

"Obviamente eu não tenho jogado muito, então você não pode ter muitas expectativas."

Federer está claramente desacostumado com uma sequência de derrotas.

Depois de não ter conseguido nem mesmo um break-point contra Murray, a frustração de Federer ficou evidente nas críticas que ele fez ao rival de 20 anos durante a entrevista após a partida.

"Eu não acho que ele tenha mudado muito seu jogo desde que joguei com ele da última vez na final em Bangcoc (2005)", disse o suíço, após a derrota. "Ele espera muito pelos erros do adversário (e) eu dei os erros a ele."

(Reportagem de Pritha Sarkar)