Federação de Camarões rejeita técnico escolhido pelo governo

segunda-feira, 5 de novembro de 2007 13:04 BRST
 

YAOUNDÉ (Reuters) - A Federação de Futebol de Camarões rejeitou o alemão Otto Pfister como novo treinador da seleção do país, recusando a indicação feita pelo Ministério do Esporte na semana passada.

O presidente da federação, Mohamed Iya, disse ao ministro de Esportes, Augustin Edjoa, que a entidade não assinaria o contrato com o treinador de 70 anos, de acordo com a imprensa local desta segunda-feira.

A recusa é uma rara demonstração de insatisfação da federação de futebol, que tradicionalmente cede ao controle do governo devido à dependência dos recursos estatais para pagar as despesas da equipe.

Pfister, que está atualmente no clube sudanês Al Merreikh, tem desembarque em Yaoundé marcado para esta semana. Seu primeiro desafio à frente dos Leões Indomáveis será a Copa Africana de Nações.