Argentina aposta em defesa forte para repetir ouro no basquete

terça-feira, 5 de agosto de 2008 04:08 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A seleção argentina de basquete masculino vai precisar trabalhar forte na defesa para conquistar o bicampeonato olímpico nos Jogos de Pequim, disse nesta terça-feira o pivô Fabricio Oberto.

A Argentina, que conquistou o ouro nos Jogos de Atenas, em 2004, continua sua preparação para o torneio com uma série de amistosos que têm colaborado para melhorar seu nível de jogo, depois de ter mostrado algumas falhas no entrosamento.

A campanha preparatória terminou com o título no torneio Diamont Ball, disputado na localidade chinesa de Nanjing, quando a Argentina venceu a Austrália por 95 a 91 na final.

"Sabemos que é difícil, mas seguimos trabalhando. Devemos ser muito fortes na defesa se quisermos manter a medalha de outro. Existem esquipes muito boas", afirmou Oberto.

Na fase inicial do torneio olímpico a Argentina integrará o Grupo A, junto com Croácia, Irã, Lituânia, Rússia e Austrália.

A estréia dos atuais campeões será no dia 10 de agosto, enfrentando a Lituânia. "Ainda temos alguns treinos, o importante é seguir melhorando", acrescentou o jogador do San Antonio Spurs, da NBA.

"Sabemos que (os lituanos) são mais altos que a gente, e por isso é que devemos estar muito concentrados na parte defensiva. Eles nos respeitam muito, da mesma forma que nós os respeitamos", disse o ala Andrés Nocioni, do Chicago Bulls, também dos EUA.

"Ajuda (a experiência de Atenas), sabemos como jogar e como ganhar, mas é claro que isso não significa que possamos fazer novamente", acrescentou Nocioni.

(Reportagem de Javier Leira)