Saco de gelo e hip hop dão força à ginástica feminina do Brasil

terça-feira, 5 de agosto de 2008 08:45 BRT
 

Por Alberto Alerigi Jr.

PEQUIM (Reuters) - Sacos de gelo em tornozelos e joelhos e fones de ouvido são parte do equipamento que as meninas da equipe brasileira de ginástica artística recorrem ao final de seus treinos preparatórios para a Olimpíada de Pequim.

Ao término de mais uma sessão de treinamento nesta terça-feira, Jade Barbosa, Daiane dos Santos, Daniele Hypólito e Laís Souza recostaram-se no fundo do ônibus vazio que as levaria de volta para a Vila Olímpica, em uma rotina que deve se repetir várias vezes antes da estréia em Pequim, dia 10.

O sossego da equipe foi interrompido quando uma horda de lutadores e lutadoras de judô de seleções da Espanha, Turcomenistão e Hungria pegou carona no coletivo reservado exclusivamente ao transporte de atletas, obrigando as pequenas brasileiras a se ajeitarem nos bancos agora lotados.

Ao lado de um lutador da Hungria e de sua companheira de equipe Daniele, Jade usava um saco de gelo enquanto ouvia hip hop em seu iPod.

"Ainda não está cheio, mas tem hip hop, Beyoncé", diz ela à Reuters no ônibus dos atletas. "Todo mundo gosta de hip hop, mas a Dani (Hypólito) gosta de sertanejo também."

A atleta de 17 anos, campeã na prova de salto na Copa do Mundo da Rússia neste ano, chegou a fazer cara de choro quando foi recepcionada no dia 1o por uma multidão de jornalistas no aeroporto de Pequim, mas no ônibus, ao lado das companheiras, disse que está tranquila e que os jornalistas precisam entender o lado dos atletas também.

"Fiquei assustada um pouco, né? Não dava para dar entrevista para todo mundo e eu não sabia para quem responder nem em que língua", disse Jade.

A ginasta, cujo esporte exige sangue frio para encarar saltos complexos, não se importa em ser apelidada de "chorona", e responde de imediato: "Cada um tem as suas dificuldades. As pessoas (jornalistas) têm que olhar o lado dos atletas também, às vezes me fazem perguntas só para eu chorar", critica.   Continuação...