Raikkonen está indeciso sobre futuro na Fórmula 1

quinta-feira, 5 de junho de 2008 17:15 BRT
 

MONTREAL (Reuters) - O atual campeão mundial de Fórmula 1, Kimi Raikkonen, da Ferrari, negou nesta quinta-feira que pretende se aposentar ao final do ano que vem, mas disse que só continuará correndo enquanto estiver contente dentro do cockpit.

"Há rumores como este por muitos anos", disse o finlandês, durante entrevista coletiva antes do Grande Prêmio do Canadá, sobre sua possível aposentadoria com o fim de seu contrato em 2009.

"Sempre digo que ainda tenho um contrato até o final do ano que vem. Eu ainda não fiz nenhuma decisão sobre se continuarei ou não", acrescentou o piloto de 28 anos.

"Este é o contrato mais recente que tenho e veremos neste ano e no próximo ano o que acontece".

Raikkonen foi para a Ferrari no final de 2006 como substituto do heptacampeão Michael Schumacher, e conquistou o título de 2007 com um ponto de vantagem sobre Lewis Hamilton e Fernando Alonso, ambos da McLaren.

O finlandês venceu duas corridas até agora neste ano e está em segundo na tabela de classificação. Depois de seis corridas, Raikkonen está três pontos atrás de Lewis Hamilton e um à frente de seu companheiro de equipe, o brasileiro Felipe Massa.

"Eu não pararia se soubesse que sentiria falta", disse o piloto da Ferrari. "Com certeza eu acharia outra coisa para fazer, alguma coisa que eu goste ainda mais".

"Não sei o que vai acontecer depois do ano que vem, ainda não me decidi. Podemos tomar a decisão neste ano ou não", afirmou.

"Acho que correrei enquanto gostar, acho que é a coisa certa para mim, e aí quando o dia chegar, quando não for mais divertido, então com certeza irei parar", continuou.   Continuação...