Mourinho promete retornar ano que vem, na Espanha ou na Itália

quinta-feira, 6 de março de 2008 10:58 BRT
 

MILÃO (Reuters) - José Mourinho espera voltar a treinar um time de futebol no ano que vem na Itália ou na Espanha, disse o ex-treinador do Chelsea.

O técnico português acrescentou que também gostaria de voltar à Inglaterra antes de encerrar sua carreira como treinador da seleção de Portugal.

"Agora não, estou estudando", afirmou Mourinho, de 45 anos, ao jornal Gazzetta dello Sport, quando perguntado se estaria voltando a treinar. "A partir do próximo ano, sim."

Mourinho foi demitido do Chelsea em setembro após um desentendimento com dirigentes do clube, apesar de ter conquistado dois títulos ingleses, uma FA Cup e duas Copas da Liga nos três anos que passou em Stamford Bridge.

"Itália ou Espanha", disse Mourinho quando perguntado sobre seu futuro. "Depois disso, quero voltar à Inglaterra e finalmente ser técnico da seleção de Portugal."

O controverso treinador, que recusou uma proposta para treinar a seleção inglesa em dezembro, teve seu nome vinculado pela imprensa a Barcelona e Milan, cujos atuais técnicos Frank Rijkaard e Carlo Ancelotti, respectivamente, estão sob pressão.

O Milan, atual campeão europeu, foi eliminado da Liga dos Campeões pelo Arsenal nas oitavas-de-final, na terça-feira, ao ser derrotado em casa por 2 x 0.

"Eu respeito o Milan e Ancelotti, mas o Arsenal mereceu se classificar pelos dois jogos", acrescentou Mourinho, que conquistou o título europeu de 2004 com o Porto.

Outras especulações colocaram Mourinho como candidato a substituir Roberto Mancini na Inter de Milão. Mourinho minimizou os boatos, mas disse que admira o dono da Inter, Massimo Moratti.

"O respeito muito como uma pessoa que ama o futebol e seu clube profundamente", disse ele. "Porém, nunca falei com ele."

(Por Mark Meadows)