Blatter: decisão da CAS pode deixar Olimpíadas sem futebol

quinta-feira, 7 de agosto de 2008 00:12 BRT
 

Por Karolos Grohmann

PEQUIM (Reuters) - O presidente da Fifa Joseph Blatter disse, nesta quinta-feira, que a decisão da Corte Arbitral do Esportes (CAS), que permite aos clubes chamar de volta um punhado de jogadores é dramática e pode liquidar o torneio de futebol dos Jogos Olímpicos.

"Isso pode ter um efeito 'bola de neve"', disse o dirigente na assembléia geral do Comitê Olímpico Internacional.

"Engoli em seco quando ouvi a decisão do CAS. Todos os clubes que tiveram de liberar seus jogadores agora podem decidir tirá-los do torneio."

Na quarta-feira, o CAS acolheu um apelo dos clubes depois que a Fifa disse que eram obriados a liberar os jogadores que podiam participar da Olimpíada.

O caso foi levado para o CAS pelo Barcelona, Schalke 04 e Werder Bremen na tentativa de ter de volta seus jogadores Messi, Rafinha e Diego.

"Se todas as seleções perderem jogadores, se os clubes os forçarem a voltar para casa, simplesmente pode acabar o torneio olímpico de futebol", disse Blatter. "Podemos fazê-lo com o futebol de areia ou futsal. Mas o mundo não iria entender isso."

Blatter, ele mesmo um membro da Corte Arbitral, disse que a situação agora está complicada e os clubes podem exigir compensações financeiras para liberar seus jogadores.

"Os clubes podem dizer: vamos deixar que eles joguem, mas nós podemos ser financeiramente compensados. É esse o espírito olímpico?", perguntou o dirigente. "É uma situação dramática. Uma situação muito incômoda."