Levantadora de peso indiana é cortada por doping

quarta-feira, 6 de agosto de 2008 02:39 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A Índia cortou a levantadora de peso Monica Devi da Olimpíada de Pequim após um resultado positivo em teste antidoping realizado no país, confirmou na quarta-feira uma autoridade daquele país.

"Fomos informados de que ela não vai participar após um exame antidoping positivo", disse à Reuters o vice-chefe de missão da Índia, Baljeet Singh Sethi.

A agência de notícias indiana PTI noticiou na terça-feira que Monica, a única levantadora de peso do país a competir em Pequim, deu positivo em um teste realizado em 29 de julho.

Segundo a PTI, autoridades, cujos nomes não foram publicados, afirmaram que o resultado positivo para uma substância anabolizante saiu horas antes de ela embarcar para Pequim.

Esse é o segundo caso de doping de uma levantadora de peso da Índia -- Kavita Devi foi suspensa por dois anos pela federação do país, em maio último, após exame positivo para esteróide.

(Por Sanjay Rajan)