Phelps garante que nem pensa em quebrar recorde de Spitz

quarta-feira, 6 de agosto de 2008 05:46 BRT
 

Por Julian Linden

PEQUIM (Reuters) - Michael Phelps minimizou suas chances de alcançar o recorde histórico de oito medalhas de ouro nos Jogos de Pequim, a despeito das previsões de seu técnico de que ele vai atingir essa meta.

O nadador norte-americano, cotado para quebrar o recorde de sete ouros numa Olimpíada do compatriota Mark Spitz, há 36 anos, disse que não está sequer pensando em superar essa marca, quando questionado sobre o assunto em uma entrevista coletiva lotada na capital chinesa.

"Vocês (a imprensa) é que pensam nisso", disse Phelps durante a entrevista, nesta quarta-feira, ao tratar do assunto que virou obsessão da mídia mundial.

"Eu não vou falar sobre isso. Eu jamais disse qualquer coisa sobre quebrar esse recorde", acrescentou.

No entanto, o técnico principal da equipe masculina de natação dos Estados Unidos, Eddie Reese, disse que Phelps está na melhor forma de sua vida e pode ganhar todas as oito medalhas.

"Eu o vi fazer coisas incríveis, então, não posso apostar contra ele", disse Reese.

Se as respostas de Phelps tinham como objetivo minimizar a perseguição da mídia, aparentemente ele não teve sucesso. A tentativa de quebrar o recorde de sete ouros estabelecido por Spitz nos Jogos de Munique-1972 é um dos principais assuntos na capital chinesa.

Muitos pensavam que essa marca jamais seria batida, mas agora parece possível, após Phelps ter conquistado seis ouros em Atenas-2004 e sete no Campeonato Mundial do ano passado, na Austrália.   Continuação...

 
<p>Michael Phelps, dos EUA, em Pequim. Photo by Jason Reed</p>