Blatter pede punição severa para carrinhos perigosos

sexta-feira, 7 de março de 2008 11:53 BRT
 

Por Mike Collett

LONDRES (Reuters) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, quer que os jogadores que cometem carrinhos violentos sejam banidos do futebol e pediu a árbitros e treinadores ajuda para combater o jogo brusco no esporte.

Blatter fez os comentários em entrevista publicada pelo jornal The Times nesta sexta-feira, véspera da reunião anual da International Board -- entidade responsável pelas regras do esporte -- na cidade escocesa de Gleneagles.

No encontro, além da violência nos gramados, a entidade também vai considerar usar dois árbitros assistentes, discutir a tecnologia que mostra quando a bola entra no gol e considerar propostas para padronizar o tamanho dos campos de jogos internacionais.

Blatter deseja que o órgão tome uma medida severa para combater o crescente número de carrinhos violentos no esporte, que mancharam muitos jogos nos últimos meses.

O assunto ganhou destaque após o atacante do Arsenal Eduardo da Silva, brasileiro naturalizado croata, ter fraturado a perna esquerda como consequência de um carrinho de Martin Taylor, do Birmingham City, em partida do Campeonato Inglês. Taylor disse que foi um acidente.

Blatter disse ao Times: "O carrinho perigoso é uma das questões mais importantes do futebol atualmente. Os jogadores que fazem isso intencionalmente deveriam ser excluídos do esporte."

E acrescentou que a questão será discutida no fim de semana. "Não vamos apenas fazer recomendações aos árbitros, vamos instruí-los a ser mais rigorosos contra a violência."

Blatter disse que o problema costumava ser o carrinho por trás, mas que agora os jogadores cometem entradas violentas também pelos lados e de frente,

Ele culpou os treinadores pelo problema, afirmando: "O mecanismo para que isso aconteça hoje é óbvio. A pressão sobre os treinadores para vencer é tamanha que eles encorajam seus jogadores a buscar a vitória a qualquer preço."

 
<p>O presidente da Fifa, Joseph Blatter, quer que os jogadores que cometem carrinhos violentos sejam banidos do futebol e pediu a &aacute;rbitros e treinadores ajuda para combater o jogo brusco no esporte.. Photo by Fadi Al-Assaad</p>