Tocha parte para jornada final em Pequim sob neblina

quinta-feira, 7 de agosto de 2008 22:00 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A China deu a largada para a etapa final da controversa jornada da tocha olímpica debaixo de céu nublado, que se tornou alaranjado com a luz da manhã de sexta-feira, dia da mais cara cerimônia de abertura da história dos Jogos.

A neblina era tão forte que algumas instalações olímpicas mal podiam ser avistados de fora do perímetro de segurança, a poucas centenas de metros de distância, no entanto, como é feriado em Pequim, o número de carros na rua, um pouco menor que o usual, adicionava menos poluição ao ar.

O desfile da tocha começou em um subúrbio da região oeste e vai terminar por volta do meio-dia em uma escola, com 140 seguranças alinhados para tomar parte na parada que tem sido recebida com fervor patriótico na China.

Entretanto, o que deveria ser um tour internacional para mostrar a unidade e o orgulho da China com os Jogos, serviu para destacar uma série de protestos, a maioria contra as sanções impostas ao Tibete.

A previsão do tempo para a sexta-feira é de dia nublado com chuvas fracas e leve brisa -- insuficiente, porém, para afastar a neblina. Os organizadores, porém, afirmam que a poluição vai estar próxima da de um saudável dia com céu azul

A leitura da qualidade do ar em torno da cidade mostra níveis no limiar de situações de risco e, em dois distritos, superou essa marca por volta do meio-dia de quinta-feira. Na úmida Hong Kong, que sediará os eventos equestres a partir de sábado, foi emitido um alerta de tempestade, com a forte chuva excedendo 30 mm por hora.

(Por Emma Graham-Harrison)