Organização promete sede olímpica de vela sem algas até 5a-feira

segunda-feira, 7 de julho de 2008 13:53 BRT
 

Por Ian Ransom

QINGDAO (Reuters) - Milhares de militares e voluntários chineses devem retirar totalmente as algas da raia olímpica de vela, em Qingdao, até quinta-feira, informou nesta segunda-feira uma autoridade da organização local.

O resort litorâneo no norte da China sofreu com uma embaraçosa proliferação de algas que deixou as águas tomadas de verde, impedindo o treinamento de diversas equipes olímpicas antes dos Jogos do próximo mês. Qingdao, que deslocou 6.000 militares e outros milhares de voluntários para limpar as praias e o mar, tinha recebido ordem do governo chinês para remover todas as algas até 15 de julho.

"Estamos muito otimistas quanto ao esforço de limpeza", disse à Reuters o porta-voz do comitê organizador da prova de vela em Qingdao, Wang Haitao, na segunda-feira.

"Nosso plano é ter as algas completamente removidas até 10 de julho. Nosso governo nos ordenou completar a limpeza até dia 15, mas nós esperamos terminar cinco dias antes do programado", disse Wang.

Wang acrescentou ainda que nesta segunda-feira deve ser concluída a instalação dos 50 km de cerca marítima, projetada para impedir que mais algas entrem na raia olímpica.

As provas de vela dos Jogos de Pequim começam em 9 de agosto, um dia após a cerimônia de abertura da Olimpíada.

 
<p>O piloto de F1 Lewis Hamilton da McLaren comemora vit&oacute;ria com sua equipe na bandeirada do GP da Inglaterra, dia 6 de julho. A McLaren alertou a rival Ferrari que a excepcional vit&oacute;ria de Lewis Hamilton, no domingo, em Silverstone, foi apenas o pren&uacute;ncio de uma fase ainda melhor de seu piloto. Photo by Eddie Keogh</p>