Pequim procura pessoas com Rh negativo para estoque olímpico

quarta-feira, 7 de novembro de 2007 15:10 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - Pequim fez um apelo nesta quarta-feira para que moradores da cidade com um tipo raro de sangue entre os chineses, mas mais comum para negros e caucasianos, doem sangue. A capital está em busca de um estoque para os Jogos Olímpicos de 2008.

Quase 15 por cento dos caucasianos e 10 por cento dos negros africanos têm fator Rh negativo no sangue. Mas apenas 0,3 por cento da etnia chinesa dominante han tem Rh negativo, causando dor de cabeça para a Cruz Vermelha da cidade, que precisa de 800 bolsas de sangue, com 200 mililitros cada, para suprir as eventuais necessidades médicas durante os Jogos, afirmou a agência de notícias Xinhua.

"Encontrar e estocar a quantidade adequada desse tipo sanguíneo é extremamente difícil", disse a Xinhua.

A China tem se preparado intensamente para garantir que os Jogos não sejam marcados por problemas sanitários e alimentares, temas que recentemente prejudicaram a imagem do país.