Brasileiros acenam para Lula e gravam desfile de abertura

sexta-feira, 8 de agosto de 2008 10:56 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - Liderados pelo velejador bicampeão olímpico Robert Scheidt, porta-bandeira do Brasil, 181 atletas do país desfilaram nesta sexta-feira no estádio Ninho de Pássaro para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim, muitos com câmeras, e trocaram acenos com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O Brasil foi o 38o país a desfilar, seguindo a ordem dos caracteres chineses. Como manda a tradição olímpica, os gregos, inventores dos Jogos, foram os primeiros a entrar.

Os brasileiros desfilaram vestidos de camiseta branca com o logo do "Time Brasil" (uma bandeira verde-amarela ao lado de uma estrela, com a palavra Brasil, e os anéis olímpicos), casaco verde com lapela azul marinho, calça também azul -- saia para as mulheres -- e um chapéu branco com uma faixa verde-amarela.

"É sempre um momento muito importante representar seu país numa confraternização entre os povos", disse Marcus Vinícius Freire, que desfilou ao lado de Scheidt como chefe da missão brasileira em Pequim, segundo nota do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Jogadores da seleção masculina de vôlei, o triplista Jadel Gregório e os judocas da equipe brasileira estavam entre os principais atletas do país no desfile. Competidores que começarão a disputa já no sábado, como as meninas do vôlei, não estiverem presentes à abertura.

O Brasil será representado em Pequim por 277 atletas, a participação recorde do país em Olimpíadas.

 
<p>A delega&ccedil;&atilde;o brasileira seguindo o velejador Robert Scheidt durante a cerim&ocirc;nia de abertura dos Jogos de Pequim. Photo by Mike Blake</p>