8 de Agosto de 2008 / às 06:41 / 9 anos atrás

Milhares de chineses se casam no "dia da sorte" olímpico

Por Lucy Hornby

PEQUIM (Reuters) - Os recém-casados Chen Ming e Sun Wei eram só sorrisos, nesta sexta-feira, posando para fotos com uma rosa e a certidão de casamento em frente ao Centro Cultural de Pequim, onde mais de 1.000 casais celebraram seu casamento.

Pelo menos 16.400 casais na capital, e outros milhares pelo país, escolheram a auspiciosa combinação do oitavo dia, do oitavo mês de 2008 para o matrimônio.

Oito é o número da sorte para os chineses e, nesta sexta-feira, os Jogos Olímpicos serão abertos às 8 horas e 8 minutos da noite.

"Escolhemos o dia de hoje por causa da data e por causa da Olimpíada -- queríamos celebrar junto com o país", disse Sun Wei, que planeja assistir à cerimônia de abertura pela televisão.

"É um dia de sorte", concorda Chen, que usava um chapéu xadrez vermelho e preto, sapatos com enfeites vermelhos, de acordo com a tradição chinesa de que o vermelho é a cor da felicidade.

Pequim estava preparada para ser tomada pelas noivas, com agendamento de cerimônias pela Internet, hora marcada, e guichês adicionais nas repartições de registro de casamentos.

Trinta casais participaram de elaborada cerimônia na catedral católica de Wangfujing.

"Todo o mundo está orgulhoso da China, hoje. Eu quero convidar o mundo para testemunhar meu casamento", disse um noivo.

Em muitas cidades, incluindo Xangai, onde 6.000 noivos se casaram, os divórcios foram suspensos para que os funcionários do registro pudessem liberar as licenças de casamento mais rapidamente.

"Divórcio é parte natural da vida. Você pode fazer o que quiser hoje", disse o sorridente Manager Feng, no departamento de registro de casamentos do distrito de Dongcheng, decorado com flores de seda e balões rosa e brancos.

Mesmo com o registro de Dongcheng tendo aberto oito guichês para oficializar os casamentos do dia, dois a mais que o usual, não foi possível atender uma improvisada solicitação de casamento para um correspondente da Reuters.

"Me desculpe, mas não podemos promover casamento de estrangeiros aqui. Você deve ir ao departamento central para isso", disse Feng.

Reportagem adicional de Kitty Bu e George Chenm em Xangai

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below