10 de Junho de 2008 / às 11:53 / 9 anos atrás

Holanda atropela campeã mundial Itália na Eurocopa: 3 x 0

<p>Holanda atropela campe&atilde; mundial It&aacute;lia na Eurocopa: 3 x 0. Os holandeses Ruud van Nistelrooy e Andre Ooijer comemoram gol. A Holanda conseguiu o primeiro grande resultado da Euro 2008, ao derrotar a campe&atilde; mundial It&aacute;lia por 3 x 0 na estr&eacute;ia das equipes na competi&ccedil;&atilde;o. 9 de junho. Photo by Jerry Lampen</p>

Por Mike Collett

BERNA (Reuters) - A Holanda conseguiu o primeiro grande resultado da Euro 2008, ao derrotar a campeã mundial Itália por 3 x 0, nesta segunda-feira, na estréia das equipes na competição.

Um gol em impedimento de Ruud van Nistelrooy, uma linda finalização de primeira do aniversariante Wesley Sneijder e um terceiro gol de Giovanni van Bronckhorst no final garantiram a primeira grande surpresa do torneio. "Vencer por 3 x 0 a Itália, uma equipe com tanta experiência e qualidade, nós não esperávamos", disse o técnico da Holanda, Marco van Basten. "Foi uma atuação realmente boa da equipe inteira."

A vitória, a primeira da Holanda sobre a Itália desde a Copa do Mundo de 1978, coloca os holandeses na liderança do Grupo C, o mais difícil do torneio, à frente de França e Romênia, que empataram por 0 x 0 em Zurique também nesta segunda-feira.

A Itália, que venceu a França na final da Copa do Mundo de 2006 para conquistar seu quarto título mundial, está na última posição da chave.

A vantagem de 3 x 0 foi a maior dos holandeses sobre os italianos na história, e também a pior derrota dos atuais campeões do mundo em uma Eurocopa.

O técnico italiano, Roberto Donadoni, cuja equipe sofreu a maior derrota numa grande competição desde os 4 x 1 diante do Brasil na final da Copa do Mundo de 1970, queria apenas esquecer a partida e olhar para frente.

"Não quero dizer que essa foi a pior atuação da Itália sob o meu comando", disse ele. "Nós sofremos dois gols cometendo erros. Não começamos bem, mas devemos olhar para frente."

A partida em Berna foi decidida num intervalo de cinco minutos no primeiro tempo, quando a Holanda marcou dois gols, o primeiro deles em clara posição de impedimento de Van Nistelrooy.

O atacante tocou para as redes após passe de Sneijder, que completou 24 anos nesta segunda, aos 26 minutos de partida. Apesar dos protestos dos italianos, o árbitro sueco Peter Frojdfeldt ignorou as reclamações e validou o lance.

"Não existe sentido agora se foi impedimento ou não", disse Donadoni. "Eu aceito isso... não há porque chorar. Ele cometeu um erro, ele é humano."

Cinco minutos depois, os holandeses voltaram a comemorar, no gol mais bonito do torneio até o momento.

O lance começou quando Bronckhorst arrancou da própria área, após cobrança de escanteio de Andrea Pirlo, e atravessou para o ataque pela esquerda. Ele cruzou para Dirk Kuyt, que tocou de cabeça para o meio da área, onde Sneijder bateu de primeira para o fundo da rede.

Bronckhorst ainda marcou o terceiro, aos 34 minutos da etapa final, após o goleiro Edwin van der Sar ter impedido a Itália de diminuir o marcador com pelo menos duas defesas incríveis.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below