Alonso é ouvido por juiz italiano em caso de espionagem

terça-feira, 9 de outubro de 2007 11:01 BRT
 

MILÃO (Reuters) - O bicampeão mundial de Fórmula 1 Fernando Alonso foi ouvido por um magistrado italiano nesta terça-feira como parte de uma investigação sobre o polêmico caso de espionagem na categoria, informou a imprensa local.

A McLaren perdeu todos os pontos no mundial dos construtores e foi multada em 100 milhões de dólares no mês passado, depois de ser condenada por se beneficiar da posse de informações obtidas da Ferrari.

Emails entre Alonso e o piloto de testes da equipe Pedro de la Rosa sobre a Ferrari foram usados como prova na audiência da FIA e levaram à punição da McLaren.

A Ferrari começou uma processo em separado contra o ex-engenheiro Nigel Stepney, que supostamente repassou as informações ao designer-chefe da McLaren, Mike Coughlan, que foi suspenso.

Entretanto, Giuseppe Tibis, um juiz da cidade natal da Ferrari, Modena, ampliou a investigação e muitos funcionários da McLaren foram informados durante o GP da Itália do mês passado que estão sob investigação.

A imprensa italiana afirmou nesta terça-feira que Alonso chegou ao escritório dos magistrados de Modena com grande discrição para evitar as câmeras e os jornalistas.

O espanhol está quatro pontos atrás do companheiro e líder do campeonato, Lewis Hamilton. O título será decidido na última corrida, que acontece no Brasil.

(Por Mark Meadows)

 
<p>Fernando Alonso em coletiva em Xangai. 7 de outubro. O bicampe&atilde;o mundial de F&oacute;rmula 1 Fernando Alonso foi ouvido por um magistrado italiano nesta ter&ccedil;a-feira como parte de uma investiga&ccedil;&atilde;o sobre o pol&ecirc;mico caso de espionagem na categoria, informou a imprensa local. Photo by Claro Cortes Iv</p>