Hélio dos Anjos é demitido do comando da seleção saudita

segunda-feira, 9 de junho de 2008 10:30 BRT
 

BANGCOC (Reuters) - A seleção da Arábia Saudita despediu o técnico brasileiro Hélio dos Anjos, apesar do time estar perto da classificação para a próxima rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo.

O treinador brasileiro foi informado que perderia o emprego caso não conseguisse classificar a equipe para a Copa do Mundo de 2010, mas ele não correspondeu às expectativas do príncipe saudita, o sultão bin Fahad, presidente da federação de futebol do país, que não se impressionou com a vitória de 2 x 1 sobre o Líbano no sábado.

"Depois da partida de sábado, foi tomada a decisão de que ele não estaria mais no comando", disse uma autoridade da federação de futebol à Reuters, na segunda-feira.

O brasileiro é a terceira baixa em cinco dias de um técnico de seleções da região do golfo, onde os treinadores de futebol são geralmente contratados e demitidos em um espaço de alguns meses.

O Omã derrubou o quarto técnico em dois anos, ao dispensar o uruguaio Julio Cesar Ribas na quarta-feira. Já o desempenho do croata Radion Gacanin foi considerado "insatisfatório" pela seleção do Kuweit e ele foi dispensado no mesmo dia.

Com Dos Anjos, a Arábia Saudita perdeu a final da Copa da Ásia do ano passado e só deixou de vencer uma das partidas das eliminatórias para a Copa disputadas até agora.

Três vezes campeã asiática, a seleção árabe só precisa de um ponto nas duas partidas que faltam para obter vaga na quarta rodada das eliminatórias.

O técnico local Nasser Al Johar, que classificou o time para o Mundial de 2002, vai assumir a equipe. Ele será o 19o técnico desde 1994.

(Reportagem de Martin Petty)