ALTOS&BAIXOS-Diego Hypólito domina classificação do solo

sábado, 9 de agosto de 2008 11:28 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - Veja abaixo quem sobe e quem desce nos Jogos Olímpicos de Pequim após as competições deste sábado:

ALTOS

* O ginasta bicampeão mundial Diego Hypólito deu provas de que vai brigar pela medalha de ouro olímpica ao terminar as eliminatórias da prova de solo em primeiro lugar. Diego, campeão do mundo em 2005 e 2007 no aparelho, conseguiu a melhor nota do dia com 15.950, após uma apresentação praticamente sem erros. Diego será o primeiro ginasta do país a disputar uma final olímpica, no dia 17.

* Michael Phelps quebrou sua primeira marca em Pequim. O nadador dos EUA estabeleceu o novo recorde olímpico dos 400 metros medley ao classificar-se para a final com o melhor tempo (4min07s82). Phelps vai disputar 8 provas e tenta quebrar o recorde de 7 medalhas de ouro numa mesma Olimpíada, que pertence ao compatriota Mark Spitz.

* A judoca romena Alina Dumitru, de 25 anos, derrotou a bicampeã olímpica e ícone do judô feminino Ryoko Tani, do Japão, na semifinal da categoria até 48kg e conquistou a medalha de ouro em Pequim ao vencer a cubana Yanet Bermoy na final.

BAIXOS

* Dona de duas medalhas olímpicas -- prata em Atlanta-1996 e bronze em Sydney-2000 -- a seleção feminina de basquete de Brasil estreou com derrota para a Coréia do Sul, por 68 a 62, em Pequim. A equipe tem o futuro complicado na competição, tendo que enfrentar ainda em sua chave a atual campeã mundial (Austrália) e a vice-campeã mundial (Rússia).

* Terceira modalidade que mais conquistou medalhas olímpicas para o Brasil, o judô começou mal em Pequim. Denílson Lourenço e Sarah Menezes decepcionaram e não conseguiram se classificar nem para a repescagem.

* Favorita a conquista a primeira medalha de ouro da Olimpíada para a China, a atiradora Du Li sucumbiu ante a pressão do grande público local e fugiu em prantos depois de terminar em um decepcionante quinto lugar na carabina de 10 metros. Campeã em Atenas-2004, ela passou em lágrimas pelos jornalistas que a aguardavam, sem dizer uma palavra.