Phelps bate recorde olímpico dos 400m medley; Thiago vai à final

sábado, 9 de agosto de 2008 08:57 BRT
 

Por Julian Linden

PEQUIM (Reuters) - Michael Phelps passou com enorme facilidade pelo primeiro obstáculo em sua tentativa de conquistar oito medalhas de ouro nos Jogos de Pequim, ao quebrar seu próprio recorde olímpico dos 400 metros medley e se classificar para a final com o melhor tempo, neste sábado. O brasileiro Thiago Pereira foi o oitavo classificado.

O norte-americano venceu sua bateria com o tempo de 4min07s82, melhorando em 0,44s o recorde olímpico, alcançado por ele próprio quando conquistou a medalha de ouro em Atenas quatro anos atrás.

"Eu não esperava que as eliminatórias fossem tão rápidas, depois de ver as duas primeiras baterias eu quis ser o primeiro classificado para amanhã", disse Phelps, que acrescentou não saber qual será o tempo necessário para conquistar o ouro.

"Será uma disputa entre três ou quatro. Eu estou animado", afirmou.

O húngaro Laszlo Cseh, que terminou em terceiro atrás de Phelps em Atenas e depois conquistou o título mundial em Montreal no ano passado, quando Phelps não estava presente, foi o segundo mais rápido nas eliminatórias deste sábado, com 4min09s26.

Thiago Pereira também avançou para a disputa de medalhas, ao marcar o oitavo tempo (4min11s74). O italiano Luca Marin foi o terceiro, com 4min10s22, enquanto Ryan Lochte, que deve ser o principal concorrente de Phelps na prova, foi o quarto, com 4min10s33.

Lochte foi o vencedor da bateria de Thiago. O brasileiro liderou a prova nas passagens de costas e borboleta, mas acabou sendo ultrapassado nas passagens de peito e do nado livre.

Phelps, que tenta quebrar o recorde de sete medalhas de ouro numa mesma Olimpíada do compatriota Mark Spitz, conquistado em Munique-1972, ficou apenas 2s57 acima do recorde mundial de 4min05s25, que ele próprio registrou nas seletivas olímpicas dos EUA, seis semanas atrás.