Tenista italiano Di Mauro é investigado por apostas online

sexta-feira, 9 de novembro de 2007 11:56 BRST
 

MILÃO (Reuters) - O tenista italiano Alessio Di Mauro está sendo investigado por supostamente ter apostado em partidas de outros tenistas, disse a Federação Italiana de Tênis.

O tenista número 124 do mundo, que jogou a primeira rodada do Aberto da Austrália e de Roland Garros este ano, pode ser suspenso por três anos e receber uma pesada multa se for considerado culpado por apostas online.

"Ele tem uma conta online, é uma conta pessoal. Isso é uma coisa nova, ainda estamos esperando a ATP, mas punições são possíveis", disse uma assessora da Federação Italiana de Tênis, nesta sexta-feira, acrescentando que ele não teria apostado em seus próprios jogos.

A ATP recusou-se a comentar a investigação italiana.

Di Mauro, de 30 anos, chegou ao número 68 do ranking mundial em fevereiro, após ter alcançado a final do torneio de Buenos Aires, onde perdeu para o argentino Juan Monaco.

O tênis vive uma época de escândalos de apostas, depois de um jogo em agosto entre o russo Nikolay Davydenko e o argentino Martin Vassallo Arguello na Polônia ter sido suspeito de suborno devido ao grande volume de apostas.

Desde então, vários jogadores do circuito profissional disseram ter recusado ofertas para perder jogos em troca de dinheiro.

(Por Mark Meadows)