Agora na F1, Glock sonha com nova rivalidade com Hamilton

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008 15:04 BRST
 

Por Alan Baldwin

COLÔNIA (Reuters) - O novo piloto da Toyota Timo Glock gostaria de seguir os passos de Lewis Hamilton na Fórmula 1, mas reconhece que terá de se contentar com a posição inferior de sua equipe em relação à McLaren.

O alemão conquistou em 2007 o título da GP2 -- principal categoria de acesso à Fórmula 1 --, após ter perdido o título para Hamilton em 2006. Glock é o terceiro campeão da GP2 a ingressar na Fórmula 1, após Nico Rosberg (Williams) e o próprio Hamilton (McLaren).

A Toyota está numa posição diferente em relação à McLaren. Hamilton venceu quatro corridas em sua primeira temporada na F1 e acabou como vice-campeão, apenas um ponto atrás do finlandês da Ferrari, Kimi Raikkonen.

Glock, que disputará sua primeira temporada completa na F1 após ter feito quatro provas em 2004 pela extinta Jordan, admitiu na apresentação do carro da Toyota, nesta quinta-feira, que terá de correr atrás de Hamilton quando a temporada começar, em 16 de março, na Austrália.

A Toyota nunca venceu uma corrida desde sua estréia em 2002, e esteve pela última vez no pódio em 2006.

"O que Lewis fez ano passado foi definitivamente muito especial, mas ele tinha equipamento para isso, o carro estava no momento certo e a equipe estava lá fazendo um grande trabalho, e ele também fez um grande trabalho", disse Glock a repórteres.

"Sei que ele é rápido, briguei com ele na GP2. Mas para mim será difícil fazer o que ele fez. Temos que ser realistas e não é possível para mim lutar pelo campeonato este ano", acrescentou.

Glock disse ainda que seu objetivo para a temporada será somar pontos e ajudar a equipe a voltar a figurar entre as principais, após dois anos muito ruins.

 
<p>Pilotos da equipe Toyota Jarno Trulli (esquerda) e Timo Glock posam para fotos durante apresenta&ccedil;&atilde;o do novo carro da equipe, nesta quinta-feira, em Col&ocirc;nia na Alemanha. Photo by Ina Fassbender</p>