August 11, 2008 / 12:44 AM / in 9 years

Ronaldinho brilha e Brasil se classifica com goleada

4 Min, DE LEITURA

<p>Ronaldinho disputa lance em jogo contra a Nova Zel&acirc;ndia neste domingo. O Brasil venceu por 5 x 0. Photo by Alvin Chan</p>

SHENYANG (Reuters) - A seleção de amadores da Nova Zelândia foi o adversário ideal para Ronaldinho Gaúcho voltar a ser o jogador decisivo de outrora. O capitão do time olímpico brasileiro brilhou em campo, fez 2 gols, e liderou a seleção na goleada de 5 x 0, neste domingo, que classificou o Brasil por antecipação para as quartas-de-final.

Vestida toda de azul e sem nenhuma referência ao Brasil no uniforme, a seleção cumpriu seu primeiro objetivo nos Jogos de Pequim, diante da seleção neozelandesa formada por apenas três profissionais e muitos estudantes universitários -- alguns trabalhando em diferentes profissões em tempo integral.

A equipe demonstrou um maior conjunto em relação à vitória por 1 x 0 sobre a Bélgica, na estréia, e contou ainda com gols de Anderson e Alexandre Pato, no primeiro tempo, e Rafael Sóbis, no segundo. Ronaldinho, ovacionado pela torcida chinesa a cada toque na bola, marcou as duas vezes na etapa final, o primeiro de falta e o segundo de pênalti, em falta sofrida por ele próprio dentro da área,

Se avançar como líder do Grupo C, conforme esperado, o Brasil enfrentará nas quartas-de-final o 2o colocado da chave D, que é formada por Itália, Coréia do Sul, Camarões e Honduras. É possível que os brasileiros tenham um reencontro com Camarões, que eliminou o país justamente nas quartas dos Jogos de Sydney-2000, na última participação olímpica do futebol masculino do Brasil.

A equipe encerra a participação na primeira fase contra a China, na quarta-feira. Com duas vitórias, o Brasil soma 6 pontos, ante 1 da China, 1 da Nova Zelândia e nenhum da Bélgica. China e Bélgica se enfrentam ainda neste domingo.

No jogo deste domingo, o Brasil abriu o marcador com apenas 3 minutos de partida, numa boa movimentação do ataque com a chegada do meia Anderson dentro da área -- algo raro no jogo de estréia contra a Bélgica.

Alexandre Pato recebeu a bola na meia-lua da grande área e abriu a jogada na direita para Anderson. O meia do Manchester United tentou três vezes até encobrir o goleiro Jacob Spoonley, de cabeça, para fazer 1 x 0 para o Brasil.

O segundo gol saiu novamente numa cabeçada, dessa vez com Pato. O lateral-esquerdo Marcelo, que fez excelente partida, foi até a linha de fundo e cruzou para o atacante escorar com categoria de cabeça.

Na volta do intervalo, Ronaldinho transformou em gols a exibição que já era boa no primeiro tempo. Aos 9 minutos, ele cobrou falta por baixo e a bola entrou no canto esquerdo, após cruzar a área toda.

Depois de tabela com Anderson, Ronaldinho foi empurrado dentro da área por Sam Jenkins. Pênalti marcado. Na cobrança, bola no cantinho direito.

Os últimos 20 minutos foram aproveitados pelo técnico Dunga para testar opções. Entraram Ilsinho (Rafinha), Thiago Neves (Diego) e Rafael Sóbis (Pato). O Brasil continuou absoluto e desperdiçou várias chances de marcar.

Já nos acréscimos, em jogada iniciada com um lindo drible de Ronaldinho, e após passe de Lucas, Rafael Sóbis fechou a goleada.

Assim como a seleção feminina contra a Coréia do Norte, no sábado, os jogadores brasileiros entraram em campo com uma camisa sem o emblema da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), atendendo a determinação do Comitê Olímpico Internacional. A diferença estava nas cores. A equipe atuou com uniforme todo azul, somente com o número e o nome do jogador em amarelo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below