Felipão teme histórico dos tchecos antes de jogo com Portugal

terça-feira, 10 de junho de 2008 16:19 BRT
 

Por Rex Gowar

NEUCHATEL, Suíça (Reuters) - O bom histórico da República Tcheca em Eurocopas é a maior preocupação do técnico de Portugal, Luiz Felipe Scolari, antes do confronto entre as equipes na quarta-feira.

"O que eu temo é a história e tradição do nosso adversário", disse o treinador brasileiro a repórteres, nesta terça-feira.

"Eles disputaram mais Copas do Mundo e Eurocopas do que nós. Será uma partida muito equilibrada (em Genebra)", acrescentou o brasileiro.

A antiga Tchecoslováquia foi finalista das Copas do Mundo de 1932 e 1962, e conquistou o título europeu de 1976. Após a divisão do país em dois, os tchecos foram vice-campeões da Euro 96.

Mas Portugal também conseguiu resultados positivos nos últimos anos, sendo finalista da Euro 2004, em casa, e chegando em quarto lugar na Copa do Mundo de 2006.

Scolari deve manter contra a República Tcheca o mesmo time que venceu a Turquia por 2 x 0, na abertura do Grupo A.

"Provavelmente é o mesmo time", disse Felipão, acrescentando que o zagueiro Fernando Meira, de 1,92 metro, deve entrar na partida em algum momento, como aconteceu na partida de domingo.

"Fernando é uma excelente opção por sua altura. A altura média dos tchecos é 1,84 metro", disse Scolari, que terá de encontrar uma forma de marcar o atacante tcheco de 2,02 metros Jan Koller.   Continuação...

 
<p>Felip&atilde;o teme hist&oacute;rico dos tchecos antes de jogo com Portugal. O bom hist&oacute;rico da Rep&uacute;blica Tcheca em Eurocopas &eacute; a maior preocupa&ccedil;&atilde;o do t&eacute;cnico de Portugal, Luiz Felipe Scolari, antes do confronto entre as equipes. 10 de junho. Photo by Eddie Keogh</p>