Dunga: Brasil divide com Paraguai responsabilidade de vencer

terça-feira, 10 de junho de 2008 19:32 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Acostumada a entrar em campo com a obrigação de ganhar, a seleção brasileira divide com o Paraguai a responsabilidade pela vitória na partida de domingo, pelas eliminatórias da Copa do Mundo, segundo o técnico Dunga.

"A responsabilidade é bastante dividida. O Paraguai está em primeiro e isso aumenta a responsabilidade deles perante a sua torcida e a gente tem que tirar proveito de tudo isso", disse Dunga em entrevista coletiva nesta terça-feira.

"A confiança do Paraguai aumentou. A equipe tem muitos jogadores que atuam na Europa e mudou sua forma de jogar, não é mais um time que só se defende, ataca também", completou.

O Paraguai lidera as eliminatórias, com 10 pontos, um a mais que a Argentina e dois à frente do Brasil.

"A gente quer entrar para ganhar sempre. Depois, se não acontece, a gente se contenta com o que vem", declarou Dunga.

O técnico indicou que o companheiro de ataque de Robinho para o jogo contra o Paraguai será Luis Fabiano, que disputa posição com Adriano.

"Jogador com mais tempo na seleção leva vantagem", disse o treinador. Luis Fabiano marcou dois gols contra o Uruguai, no fim do ano passado, enquanto Adriano voltou à seleção nos recentes amistosos nos EUA, após mais de um ano ausente.

Dunga ainda minimizou a derrota para a Venezuela, na última sexta-feira, por 2 x 0. Foi a primeira vitória venezuelana sobre os pentacampeões na história do confronto.

"Não é por um resultado que a gente vai mudar todo o trabalho...Seria mais prudente, se eu pensasse na minha situação, colocar o time que tinha acabado de jogar contra o Canadá, mas na seleção o jogador tem que vir e jogar e cada um tem que aproveitar sua oportunidade", disse o treinador, que fez 9 alterações na partida contra a Venezuela, nos Estados Unidos.   Continuação...