Márcio e Fábio Luiz sofrem para vencer dupla da Itália

domingo, 10 de agosto de 2008 03:40 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - Poderia ter sido mais fácil, mas de qualquer forma os brasileiros Márcio Araújo e Fábio Luiz fecharam 2 sets a 0 (21-18 e 21-18) sobre os italianos Lione e Amore, neste domingo, em seu primeiro jogo na Olimpíada de Pequim.

A segunda partida da dupla brasileira, pelo Grupo D, será contra os austríacos Doppler e Gartmayer, na terça-feira.

Os brasileiros sofreram mais para fechar por conta dos próprios erros do que por mérito dos adversários. O jogo mostrou altos e baixos das duas duplas, mas Márcio e, principalmente, Fábio Luiz pareciam ter sentido mais a pressão da estréia e também os efeitos do forte calor.

Os italianos se mostraram mais descontraídos, mas não souberam aproveitar com efetividade a irregularidade dos brasileiros. Encerrado o primeiro set com mais força de saque e ataque dos italianos, mas com pontos alcançados pelos brasileiros no bloqueio, o segundo começou ainda mais equilibrado no placar.

Fábio Luiz, de 2,04m, não conseguia nem a força de um ataque alto, nem bolas colocadas -- o que levou Márcio a alertar o parceiro sobre essa falta de leitura de jogo. Os italianos tentaram forçar o saque em Fábio Luiz, mas também não mostraram consistência a ponto de reagir quando os brasileiros passaram à frente no placar, depois de muito equilíbrio até os 14-14.

Com Márcio apelando para a torcida, a dupla ganhou fôlego ao menos suficiente para fechar o jogo ainda no segundo set.

 
<p>M&aacute;rcio Ara&uacute;jo e F&aacute;bio Luiz comemoram a vit&oacute;ria na partida de estr&eacute;ia na primeira fase do torneio ol&iacute;mpico de v&ocirc;lei de praia, contra a It&aacute;lia. Photo by Carlos Barria</p>