Ex-velocista Marion Jones é condenada a 6 meses de prisão

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008 15:20 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A ex-atleta norte-americana Marion Jones foi condenada, nesta sexta-feira, a seis meses de prisão por ter mentido para promotores federais dos Estados Unidos em uma investigação sobre doping.

O juiz Kenneth Karas determinou a sentença após Jones ter confessado culpa em duas acusações no ano passado, o que resultou na perda das cinco medalhas olímpicas conquistadas por ela nos Jogos de Sydney, em 2000.

Jones, que no passado chegou a receber milhões de dólares em contratos de publicidade, está atualmente quebrada financeiramente.

(Por Christien Kearney)