Nadadora australiana passa mal antes de conquistar o ouro

segunda-feira, 11 de agosto de 2008 04:07 BRT
 

Por Julian Linden

PEQUIM (Reuters) - A australiana Libby Trickett teve de se recompor depois de passar mal por nervosismo antes de chegar ao ouro olímpico nos 100 metros borboleta, nesta segunda-feira.

A nadadora, de 23 anos, quase pôs para fora o café da manhã, assim que chegou ao Cuba d'Água pela manhã, para sua final. Mas conseguiu se segurar e se acalmar a tempo de partir para a piscina e lá ganhar o ouro com 56s73.

"Senti que ia vomitar de tão nervosa que estava. Mas logo antes de sair para a prova senti uma calma enorme. E disse a mim mesma: mais que qualquer coisa, quero sair sem nada para me arrepender", disse ela a repórteres depois da prova.

Uma vez que caiu na água, Trickett não foi ameaçada em nenhum momento. Na primeira virada, já tinha meio segundo de vantagem da rival mais próxima.

"É demais, muito melhor que eu jamais poderia imaginar. É meu melhor tempo e com uma medalha de ouro olímpica. É mais do que jamais sonhei", acrescentou a nadadora.

A norte-americana Christine Magnuson diminuiu a diferença para 0s37 na última volta e terminou em segundo, enquanto a australiana Jessicah Schipper ficou com o bronze, ao marcar 57s25 -- mesmo tendo de trocar o maiô minutos antes da prova.

"Estava um pouco nervosa antes da prova. Tive dificuldades para me arrumar", disse Schipper. " Meu maiô não fechava e tive de pegar um velho."