Espanhol tem resultado positivo para doping no Tour de France

sexta-feira, 11 de julho de 2008 18:09 BRT
 

Por Julien Pretot

AURILLAC, França (Reuters) - O espanhol Manuel Beltran, da equipe Liquigas, obteve resultado positivo em exame antidoping no Tour de France, disseram os organizadores da competição nesta sexta-feira.

"A Amaury Sport Organisation (ASO) já entrou em contato com a Liquigas para informá-los que o ciclista Manuel Beltran teve resultado positivo no exame antidoping", disse um executivo da ASO à Reuters.

A polícia estava fazendo uma inspeção nas acomodações da equipe Liquigas no Hotel des Voyageurs em Le Rouget, disseram testemunhas à Reuters.

O diretor da equipe Liquigas Roberto Amadio disse à ASO que Beltran, de 37 anos, seria retirado da corrida depois de ter obtido o resultado positivo na primeira etapa do Tour, de Brest para Plumelec, no sábado passado.

"É um golpe prejudicial" disse o presidente da União Internacional do Ciclismo (UCI), Pat McQuaid, à Reuters. "Mais uma vez, isso prova que os indivíduos estão dispostos a cometerem riscos estúpidos. Espero que não ocorram mais testes positivos nas próximas duas semanas (do Tour)", acrescentou.

'Txiki' Beltran já venceu três etapas do Tour, todas elas em competições por tempo com a equipe U.S. Postal, do norte-americano Lance Armstrong, e com a Discovery Channel em 2003, 2004, e 2005.

Ele também venceu o Tour da Catalunha em 1999.

Beltran estava na 26a posição na classificação geral depois da sétima etapa de sexta-feira, de Brioude para Aurillac.

A Liquigas disse em abril que contratou o italiano Ivan Basso por dois anos. Basso cumpre uma suspensão de dois anos depois de ser envolvido no escândalo de doping sanguíneo na Espanha e não pode competir até outubro.

(Reportagem adicional de François Thomazeau e Gilles Le Roc'h)