Hamilton vê Kubica como adversário genuíno em briga pelo título

quarta-feira, 11 de junho de 2008 14:51 BRT
 

Por Alan Baldwin

WOKING (Reuters) - O polonês Robert Kubica provavelmente será um dos pilotos que brigarão pelo título da Fórmula 1 até o final da temporada, depois de ter assumido a liderança da competição no Canadá na semana passada, disse o inglês Lewis Hamilton na quarta-feira.

Hamilton, de 23 anos, que enfrentou Kubica pela primeira vez há uma década, quando os dois pilotavam karts, acrescentou que pode vencer o desafio contra o piloto da BMW Sauber.

"Acho que ele está na disputa pelo título desde o começo. Ele estava na P2 (segunda posição no grid de largada) na primeira corrida", disse o britânico em uma entrevista coletiva na fábrica da McLaren.

"Eu sempre soube que ele tem muito talento e que com certeza ele seria forte assim que a BMW se arrumasse. E eles já o fizeram", acrescentou.

"Eles fizeram um ótimo trabalho, têm sido muito consistentes, e agora há três equipes na frente, batalhando pelo título", disse o piloto.

"Eu acho que ele (Kubica) irá nos ameaçar até o fim, mas isso não é particularmente preocupante. Ainda sinto que podemos terminar no topo, mas será um grande desafio."

Kubica, que também tem 23 anos, ganhou seu primeiro grande prêmio e também de sua equipe em uma dobradinha da BMW Sauber em Montreal, enquanto Hamilton colidiu com o atual campeão Kimi Raikkonen, da Ferrari, na saída dos boxes.

Como os dois pilotos não marcaram pontos, Kubica abriu vantagem de quatro pontos sobre Hamilton e o brasileiro Felipe Massa, empatados em segundo lugar na classificação.

Raikkonen, que liderava o campeonato antes da vitória de Hamilton em Mônaco, no mês passado, é o quarto na tabela, sete pontos atrás de Kubica, depois das sete primeiras corridas do ano.

A Ferrari lidera o Mundial de Construtores com 73 pontos, enquanto a BMW Sauber está com 70 e a McLaren com 53.