Tiro dá à India o primeiro ouro individual de sua história

segunda-feira, 11 de agosto de 2008 03:21 BRT
 

Por Erik Kirschbaum

PEQUIM (Reuters) - Abhinav Bindra ganhou a primeira medalha de ouro individual da história da Índia com uma incrível vitória, vindo de trás, na carabina de ar de 10 metros.

Bindra estava em quarto depois da eliminatória, mas fez uma brilhante rodada final, chegando perto da perfeição com 10,8 pontos em seu tiro, passando à frente de Henri Hakkinen, da Finlândia, que caiu para terceiro, com tiro final ruim, marcando apenas 9,7.

Isso permitiu que o chinês Zhu Qinan, que defendia o título olímpico, passasse por ele e ficasse com a medalha de prata.

"Isso é simplesmente ótimo", disse Bindra à Reuters logo após descer do pódiõ

Zhu teve uma perda de concentração na qualificação, mais cedo, nesta segunda-feira, quando ele teve que apressar seu tiro final para ficar no limite de tempo, caindo para segundo, atrás de Hakkinen para a final.

Zhu estava quase chorando quando falou à Reuters: "Eu estava sobre tremenda pressão e de vez em quando me sentia realmente agitado. Mas eu fiz o meu melhor."

Rahdhir Singh, secretário geral da Associação Olímpica da Índia, ex-atirador e que estava presente no estande, estava à beira de um ataque de nervos enquanto a disputa atingia seu clímax.

"Nunca rezei tanto em minha vida. No penúltimo tiro eles estavam empatados e aí ele (Bindra) marcou 10,8. Não poderia ter sido melhor", disse ele em entrevista à televisão da Índia.

Bindra ganhou o mundial de 2006 e terminou na 17a. posição nos Jogos de Atenas, quatro anos atrás.

 
<p>Abhinav Bindra, da India olha para a primeira medalha ol&iacute;mpica individual de ouro da hist&oacute;ria de seu pa&iacute;s. Photo by Desmond Boylan</p>