Phelps leva 11o. ouro e é o maior vencedor olímpico da história

quarta-feira, 13 de agosto de 2008 02:28 BRT
 

Por Simon Evans

PEQUIM (Reuters) - Michael Phelps tornou-se o primeiro atleta olímpico a conquistar 11 medalhas de ouro na carreira ao vencer, com novo recorde mundial, os 200 metros borboleta e o revezamento 4x200 metros livre, no Cubo D'Água, em Pequim.

Com a vitória no revezamento, a quinta seguida nos Jogos de Pequim e a segunda na quarta-feira, Phelps tem agora dois ouros a mais que seus compatriotas Carl Lewis e Mark Spitz, que o corredor finlandês Paavo Nurmi e que a ginasta soviética Larysa Latynina.

Phelps marcou 1min52s03 nos 200m borboleta. O húngaro Laszlo Cseh ficou com a prata e o japonês Takeshi Matsuda com o bronze, enquanto o americano bateu o recorde mundial que ele mesmo havia anotado em Melbourne, no ano passado, por 0s06.

O nadador de Baltimore, ficou atrás de Moss Burmester, da Nova Zelândia, na marca dos 50 metros, mas assumiu o controle a partir da metade da prova para manter vivo seu sonho de superar o recorde de Mark Spitz que ganhou sete ouros em uma única Olimpíada. Em Atenas-2004, Phelps conquistou seis ouros.

Pouco depois, ele fez parte da equipe de revezamento 4x200m livre que arrasou o recorde mundial ao registrar 6min58s56 -- o anterior era de 7min03s24, deixando a Rússia e a Austrália bem para trás disputando as medalhas de prata e bronze.

Na primeira prova, Phelps disse que estava incomodado com um problema com seus óculos e estava tipicamente desinteressado com o resultado.

"Meus óculos se encheram de água o tempo todo e eu tive dificuldade para ver as bordas", disse ele aos repórteres. "Eu queria o recorde mundial, eu queria 1min51 ou melhor mas, dentro das circunstâncias, não é um resultado ruim."

Cseh, 22 anos, também ficou em segundo na vitória de Phelps nos 400m individual no domingo, mas estava satisfeito com o resultado.

"Estou muito feliz, foi uma prova incrível. Estou muito feliz com isso, Eu gostaria de ter vencido, estava de olho nele", disse o húngaro.

Na mesma prova, o brasileiro Kaio Márcio terminou em sétimo lugar, com o tempo de 1min54s71.

 
<p>Michael Phelps, dos Estados Unidos, depois da vit&oacute;ria nos 200 metros borboleta. Photo by David Gray</p>