Honda anuncia ex-diretor da Ferrari Ross Brawn como novo chefe

segunda-feira, 12 de novembro de 2007 11:04 BRST
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - A Honda deu uma grande tacada para seu futuro na Fórmula 1 ao anunciar nesta segunda-feira o ex-diretor-técnico da Ferrari Ross Brawn como seu novo chefe de equipe.

Brawn, principal estrategista que ajudou Michael Schumacher a conquistar sete títulos mundiais pelas equipes Benetton e Ferrari, estava fora do esporte desde que deixou a Ferrari em 2006, quando o piloto alemão se aposentou.

Ele começará em 26 de novembro seu trabalho na Honda, que tem o brasileiro Rubens Barrichello e o inglês Jason Button como pilotos. Brawn trabalhou com Barrichello também na Ferrari.

A Honda informou em comunicado que Brawn, que esteve à frente de seis títulos de construtores consecutivos da Ferrari durante 1999 e 2004, terá responsabilidade total pelos projetos, montagem, mecânicos e as corridas.

"A Honda tem uma história de orgulho na Fórmula 1 e a oportunidade de ajudar a equipe a desenvolver o potencial que ela representa um novo desafio fantástico para mim no esporte", disse Brawn no comunicado.

"A equipe já fez um grande trabalho com relação a seu futuro e investiu bastante tempo reunindo pessoas e recursos mecânicos de primeira classe para atingir esses objetivos."

A chegada de Button é um grande incentivo para a Honda, que em 2007 fez uma péssima temporada e somou apenas seis pontos, todos com o britânico Button.

O também britânico Nick Fry, que era chefe da equipe antes da contratação de Brawn, continua na Honda como diretor-executivo.