Edison Méndez anuncia retorno à seleção do Equador

segunda-feira, 12 de maio de 2008 18:12 BRT
 

QUITO (Reuters) - O meiocampista Edison Méndez voltou atrás na decisão de aposentar-se da seleção equatoriana de futebol por cansaço e anunciou nesta segunda-feira que deseja participar da campanha da equipe nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

Méndez, 29, um dos jogadores mais talentosos da equipe equatoriana, anunciou sua aposentadoria da seleção nacional em fevereiro, argumentando desgaste físico, o que lhe custou duras críticas de dirigentes, jornalistas e da torcida por sua suposta falta de compromisso com a seleção.

O jogador, que defende o clube holandês PSV Eindhoven e foi fundamental para a classificação do Equador para as Copas de 2002 e 2006, surpreendeu a todos ao voltar atrás da decisão e pedir desculpas pela aposentadoria. Ele pediu uma nova oportunidade na equipe.

"Peço desculpas a 13 milhões de equatorianos... Eu sou o primeiro que dá um passo para voltar à seleção, porque quero ser parte dessa classificação para a África do Sul", disse Méndez a jornalistas.

O retorno de Méndez significa um alívio à seleção do Equador, que no dia 27 de maio enfrentará a França, fora de casa, em amistoso, e no dia 15 de junho joga com a Argentina, em Buenos Aires, pelas eliminatórias do Mundial.

O Equador está apenas em oitavo lugar entre os 10 países que disputam as eliminatórias da América do Sul, enquanto a Argentina está em segundo lugar, atrás do Paraguai, após quatro rodadas.