Jogadores da Espanha garantem que incidente com Torres é passado

quinta-feira, 12 de junho de 2008 12:32 BRT
 

Por Simon Baskett

NEUSTIFT, Áustria (Reuters) - A reação agressiva do atacante Fernando Torres após ser substituído durante a vitória de 4 x 1 da Espanha sobre a Rússia não vai abalar em nada o clima da concentração da equipe, disseram os jogadores nesta quinta-feira.

O técnico da Espanha, Luis Aragonés, foi cumprimentar Torres após tê-lo tirado de campo no início do segundo tempo da partida em Innsbruck, na terça-feira, mas o jogador passou direto para o banco de reservas.

"Porque destruir tudo o que conquistamos nos preocupando com um pequeno detalhe", disse o lateral Joan Capdevila, em entrevista coletiva.

"Isso já é passado, e nós temos que olhar para frente. Temos que olhar para coisas positivas, e não negativas. Se começarmos a nos preocupar com isso, vamos estar na direção errada."

Aragonés disse na quarta-feira que entendia a irritação de Torres, mas que não podia deixar o incidente passar.

O zagueiro Juanito acredita que não haverá uma repetição do incidente.

"Isso sempre acontece quando um jogador e tirado de campo e sabe que poderia render mais. Esse é um pequeno detalhe, mas tenho certeza que não vai acontecer de novo", afirmou.

"Fernando é um jogador muito importante para a gente, e tenho certeza que ele fará muito pela gente neste torneio."