Real Madrid pode sobreviver sem contratações, diz diretor

sexta-feira, 12 de setembro de 2008 09:09 BRT
 

MADRI (Reuters) - O diretor esportivo do Real Madrid, Predrag Mijatovic, defendeu o clube das críticas recebidas após a equipe ter passado o período de transferências do mercado europeu sem conseguir contratar nenhum jogador de ponta.

Os atuais campeões da Espanha fracassaram nas negociações para contratar o meia Cristiano Ronaldo, do Manchester United, o atacante do Sevilla David Villa e o ponta do Villarreal Santi Cazorla durante a janela de negociações, que se encerrou em 1o de setembro.

No último dia de transações, o clube ainda perdeu o atacante Robinho para o Manchester City, depois de o jogador insistir que queria deixar o time. A saída do brasileiro despertou críticas da mídia local, que julgou que faltaria qualidade para a próxima campanha.

"Podemos funcionar muito bem sem Cristiano Ronaldo ou David Villa. No primeiro ano que estive aqui, nós nos saímos muito bem sem Kaká (jogador que o presidente Ramón Calderón prometeu comprar) e vencemos dois campeonatos sem ele", disse Mijatovic à televisão Real Madrid.

"O Real Madrid está acima de jogadores individuais, mesmo que eles sejam os melhores do mundo", afirmou.

"Conversamos com o Manchester United e eles não queriam se desfazer de Cristiano Ronaldo. Fizemos uma oferta por David Villa, mas não quisemos pagar o que o Valencia pediu por ele".

O Real Madrid fortaleceu seu time, ao contratar o meia Rafael van der Vaart e contratar outros dois jogadores jovens, Javi Garcia e Ruben de la Red, além do defensor argentino Ezequiel Garay.

 
<p>O diretor deportivo do Real Madrid fala durante uma coletiva de imprensa no est&aacute;dio Santiago Bernabeu, dia 28 de junho. O diretor esportivo do Real Madrid, Predrag Mijatovic, defendeu o clube das cr&iacute;ticas recebidas ap&oacute;s a equipe ter passado o per&iacute;odo de transfer&ecirc;ncias do mercado europeu sem conseguir contratar nenhum jogador de ponta. Photo by Sergio Perez</p>