13 de Junho de 2008 / às 12:29 / em 9 anos

Pênalti no final garante empate entre Áustria e Polônia

Por Trevor Huggins

<p>P&ecirc;nalti no final garante empate entre &Aacute;ustria e Pol&ocirc;nia. Um p&ecirc;nalti nos acr&eacute;scimos do segundo tempo garantiu &agrave; &Aacute;ustria um dram&aacute;tico empate em 1 x 1 com a Pol&ocirc;nia na Eurocopa 2008 nesta quinta-feira. 11 de junho. Photo by Christian Charisius</p>

VIENA (Reuters) - Um pênalti nos acréscimos do segundo tempo garantiu à Áustria um dramático empate em 1 x 1 com a Polônia na Eurocopa 2008 nesta quinta-feira.

Vastic marcou aos 48 minutos da etapa final, depois de uma puxada de camisa por parte de um jogador polonês na grande área.

O brasileiro naturalizado polonês Roger Guerreiro, ex-Corinthians e Flamengo, havia dado à Polônia a vantagem no primeiro tempo.

O lateral-esquerdo Roger, que recebeu a cidadania polonesa em abril, estava claramente impedido quando marcou o gol para sua seleção, aos 30 minutos de jogo no Estádio Ernst Happel.

Ambos os times tem um ponto no Grupo B. A Alemanha, em segundo lugar, tem três e a Croácia lidera com seis.

A Áustria pagou o preço por desperdiçar uma série de boas chances que poderiam lhe dar uma vitória tranquila.

“Tivemos nossas chances nos primeiros 20, 30 minutos”, disse o técnico da Áustria, Josef Hicksberger. “Se o gol deles foi irregular, ou se nosso pênalti foi legítimo, não posso dizer da minha posição”.

“O desempenho do time foi muito bom novamente. Eles jogaram com muita paixão. Vimos o que já sabíamos, que a Polônia tem um time muito forte”, disse.

O técnico da Polônia, Leo Beenhakker, disse que o pênalti no final foi difícil de engolir.

“É impossível aceitar mas estou tentando”, disse o holandês. “Nos primeiros 20 minutos jogamos mal, mas marcamos um bom gol e depois disso jogamos muito bem.”

Tendo apenas ameaçado a Croácia nos últimos 20 minutos do jogo no último domingo, Hickersberger pediu que sua equipe fosse para cima dos poloneses.

A mensagem funcionou, e seu time poderia ter aberto uma vantagem de 3 gols em 20 minutos depois da desmoronada defesa polonesa abrir amplas avenidas para os austríacos.

Martin Harnik falhou duas vezes com o goleiro Artur Boruc batido e Christoph Leitgeb não fez melhor em sua oportunidade frente a frente com o arqueiro do Celtic.

Irreconhecível como o time que se classificou para a competição como o melhor do grupo à frente de Portugal, a Polônia estava lutando para conseguir trocar alguns passes antes de Roger abrir o placar.

Ebi Smolarek tirou Marek Saganowski, da Polônia, com um passe longo e Roger completou para o fundo do gol, em seu quarto jogo pela seleção polonesa.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below