Nos 100m peito, Jones encerra longa espera por ouro individual

terça-feira, 12 de agosto de 2008 00:57 BRT
 

Por Alan Baldwin e Julian Linden

PEQUIM (Reuters) - A australiana Leisel Jones venceu os 100 metros peito, na terça-feira, e conquistou seu primeiro título individual olímpico depois de anos de decepções.

A campeã mundial não deu chance a ninguém, marcando 1min05s17, apenas 0s08 acima do recorde mundial dela mesma. A americana Rebeca Soni ficou com a prata e a austríaca Mirna Jukik, com o bronze.

Jones foi ouro no revezamento quatro estilos em Atenas, mas um título olímpico individual escapou dela seguidamente desde que surgiu no cenário internacional ao ganhar a prata nos 100 metros, em Sydney, quando tinha 15 anos.

"Eu fiquei chocada, mas mais aliviada. Foi uma longa jornada, longos oito anos", disse Jones. "Dei tudo que podia. O ouro olímpico é um ouro olímpico. Não importa como foi ou como nadei".

Nos 100 metros costas, Natalie Coughlin marcou 58s96, 0s19 acima do recorde mundial de 58s77 registrado pela nadadora do Zimbábue Kirsty Coventry na eliminatória de segunda-feira.

Coventry fez 59s19 e ficou com a prata, deixando o bronze para a americana Margaret Hoelzer com 59s34.

 
<p>A australiana Leisel Jones segura sua medalha de ouro, conquistada na final dos 100 metros peito, em Pequim. Photo by Wolfgang Rattay</p>