Bebês podem acabar com dupla de vôlei de praia Walsh/May

terça-feira, 12 de agosto de 2008 03:40 BRT
 

Por Jane Barrett

PEQUIM (Reuters) - Kerri Walsh e Misty May-Treanor enfrentaram de tudo juntas por oito anos, mas a parceria mais poderosa do vôlei de praia feminino pode em breve acabar devido a bebês.

Desde que conquistaram o ouro nos Jogos de Atenas-2004, as duas jogadores dos Estados Unidos se casaram e, apesar de quererem dar o próximo passo no que se trata de família, estão divididas sobre quanto poderiam jogar como mães.

"Espero engravidar logo depois dos Jogos, ficar um ano fora e aí voltar", disse Walsh, cujo marido, Casey Jennings, também é jogador profissional de vôlei de praia.

Walsh, que completará 30 anos nesta semana, lembrou de várias jogadoras que levam seus filhos nas viagens, afirmando: "é ótimo, você sempre tem serviços de babá sem limites".

May-Treanor, 31, não tem tanta certeza.

"Eu não os levaria nas viagens. É muito duro. E seria legal ver um pouco meu marido também", disse ela.

May-Treanor é casada com Matt Treanor, jogador da equipe de beisebol Florida Marlins, que também passa muito tempo viajando.

"Nunca se sabe o que pode acontecer. É muito cedo para dizer. Se eu voltar, vou voltar. Se não, não", disse ela.

 
<p>May-Treanor e Kerri Walsh, durante partida contra Cuba. Planos de maternidade para o pr&oacute;ximo ano, pode acabar com dupla vendedora. Photo by Carlos Barria</p>