Eu odeio perder, diz Phelps depois do terceiro ouro

terça-feira, 12 de agosto de 2008 05:51 BRT
 

Por Alan Baldwin

PEQUIM (Reuters) - Michael Phelps se definiu como um péssimo perdedor nesta terça-feira, algo que o mundo dificilmente terá como saber se é verdade.

Tudo tem acontecido com muita facilidade para o nadador norte-americano, que teve outra performance arrasadora na piscina olímpica para levar sua terceira medalha de ouro em três dias.

O nadador de 23 anos dominou os 200 metros livre, chegando bem à frente dos rivais e batendo o recorde mundial pela terceira vez em Pequim, chegando ainda a sua nona medalha olímpica de ouro na carreira.

E podem ser mais cinco até o fim da semana, numa performance de tal forma brilhante que vai permanecer como um marco para as próximas gerações do esporte.

Mas o que foi uma rara falha, também nos 200m livre, nos Jogos de Atenas-2004, ajudou-o a atingir o desempenho impecável desta terça-feira no Cubo D'Água.

Na "prova do século" de quatro anos atrás, Phelps terminou apenas em terceiro, atrás do australiano Ian Thorpe e do holandês Piter van den Hoogenband.

"Odeio perder", disse Phelps em entrevista coletiva, após dar a volta por cima em Pequim.

"E chegar em terceiro nos 200m livre, quatro anos atrás... você sabe, quando eu perco uma corrida como aquela e naquelas circunstâncias, isso me motiva ainda mais para tentar nadar mais rápido", acrescentou.   Continuação...