Pequim lança laboratório para aumentar controle antidoping

segunda-feira, 12 de novembro de 2007 11:14 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - A China inaugurou uma nova agência antidoping nesta segunda-feira e as autoridades disseram que vão trabalhar para que ela seja "a melhor do mundo" na Olimpíada de 2008.

A Agência Antidoping da China (CADA, na sigla em inglês) começou a trabalhar formalmente em um novo laboratório antidoping na região norte de Pequim. O local será responsável por 4.500 exames antidoping de atletas que estarão na Olimpíada do ano que vem, sob supervisão da Agência Mundial Antidoping e do Comitê Olímpico Internacional (COI).

"Antidoping não é um negócio apenas no meio esportivo. É necessário coordenação de todos os departamentos do governo e o envolvimento de toda a sociedade para construir mecanismos de prevenção e punição", disse o diretor da agência, Du Lijun, em entrevista coletiva.

O laboratório vai contratar mais de 20 especialistas estrangeiros e "voluntários locais habilidosos" para formar uma forte equipe de 150 pessoas durante os Jogos, disse Du.

Também serão testados 40.000 atletas chinesas e também competidores de Hong Kong, Macau e países vizinhos como o Vietnã, acrescentou Du.

"Esse é o maior laboratório, com os equipamentos mais avançados do mundo. Vamos fazê-lo o melhor do mundo", acrescentou o diretor. Autoridades chinesas se esforçam para garantir ao mundo que os problemas do país com doping já foram superados, após diversos escândalos de atletas envolvidos com doping em grandes eventos na década de 1990.

(Por Liu Zhen)