Virada do revezamento inspira natação dos EUA em dia dourado

terça-feira, 12 de agosto de 2008 05:02 BRT
 

Por Martin Petty

PEQUIM (Reuters) - Motivados pela virada impressionante do revezamento 4x100 metros masculino um dia antes, os Estados Unidos mostraram a superioridade de sua equipe no Cubo D'Água de Pequim ao conquistar três medalhas de ouro em quatro possíveis nesta terça-feira.

Michael Phelps, Natalie Coughlin e Aaron Peirsol ampliaram a liderança norte-americana no quadro de medalhas da natação, impulsionados pela vitória emocionante do revezamento na segunda-feira.

"A equipe dos EUA aproveitou o momento... aquela foi provavelmente a prova mais incrível que eu já vi", disse Natalie Coughlin, campeã olímpica dos 100 metros costas. "Isso realmente nos motivou."

Atrás de uma forte equipe francesa, liderada pelo ex-recordista mundial Alain Bernard, os norte-americanos contaram com uma última volta incrível de Jason Lezak para descontar uma vantagem considerável de Bernard e alcançar a vitória na batida.

"Talvez o revezamento de ontem tenha inspirado todos nós", disse Rebecca Soni, medalha de prata nos 100m peito. "Com certeza funcionou para mim."

Após três dias de finais, os EUA são os maiores vencedores da natação, com cinco medalhas de ouro, ante três da Austrália. Coréia do Sul, Japão, Grã-Bretanha e Holanda têm um ouro cada um.

A Olimpíada começou nervosa para os nadadores norte-americanos, com o favorito Brendan Hansen fora do pódio nos 100m peito e Katie Hoff ficando com a prata e o bronze nos 400m livre e nos 400m medley.

Mas a sorte da equipe mudou na terça-feira na piscina do Cubo D'Água.   Continuação...

 
<p>Michael Phelps mergulha para vencer os 200m livre nos Jogos de Pequim, nesta ter&ccedil;a-feira, sua 3a medalha de ouro nos Jogos. Photo by Adrees Latif</p>