13 de Junho de 2008 / às 19:30 / em 9 anos

Confiante, Paraguai promete atacar o Brasil

ASSUNÇÃO (Reuters) - A seleção do Paraguai, que lidera as eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010, provavelmente entrará em campo na partida de domingo contra o Brasil com três atacantes, entre eles Roque Santa Cruz.

O Paraguai está no topo do grupo de 10 times depois de quatro jogos, e tem dois pontos a mais que a seleção brasileira. A equipe está confiante em conseguir outra vitória diante dos pentacampeões mundiais.

“Iremos pressioná-los na metade deles do campo e não iremos deixá-los jogar”, disse Santa Cruz a jornalistas. “Estamos jogando em casa e temos que tomar a iniciativa.”

O zagueiro Denis Caniza afirmou: “Temos muito respeito pelo Brasil mas não temos medo deles, isso nunca passou pela nossa cabeça. Somos capazes de jogar bem e vencer no domingo”.

Santa Cruz, o quarto na tabela de artilharia do último campeonato inglês jogando pelo Blackburn Rovers, é o principal jogador paraguaio, embora o Brasil esteja mais cauteloso com seu parceiro de ataque, Salvador Cabanas.

Cabanas, que joga pelo América do México, é o atual artilheiro da Copa Libertadores e seus gols ajudaram a eliminar dois times brasileiros da competição: Flamengo e Santos.

O atacante Nelson Haedo Valdez, do Borussia Dortmund será provavelmente o terceiro atacante escolhido pelo técnico Gerardo Marino.

O Paraguai marcou oito gols em suas duas últimas partidas de eliminatórias, em uma vitória por 5 a 1 contra o Equador em casa e com um ótimo resultado fora de casa contra o Chile por 3 a 0.

O técnico Dunga está sob pressão depois de que seu time sofreu uma chocante derrota por 2 a 0 para a Venezuela em um amistoso na semana passada.

Dunga deve ter uma postura cautelosa com três volantes, com um ataque formado por Robinho e Luis Fabiano. Adriano e Alexandre Pato iniciarão o jogo no banco de reservas.

O Brasil não vence fora de casa nas eliminatórias desde outubro de 2004, quando bateu a Venezuela em Maracaibo.

O time brasileiro perdeu três das últimas sete partidas contra o Paraguai.

Times:

Paraguai: Justo Villar; Carlos Bonet, Julio Cesar Caceres, Paulo da Silva, Denis Caniza; Edgar Barreto, Enrique Vera, Jonathan Santana, Nelson Haedo Valdez; Roque Santa Cruz, Salvador Cabanas

Brasil: Julio Cesar, Maicon, Lúcio, Juan e Gilberto; Josué, Mineiro, Anderson e Diego; Robinho e Luís Fabiano. Árbitro: Jorge Larrionda (Uruguai)

Reportagem de Mariel Cristaldo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below