Fora do pódio por equipes, ginastas russas fogem chorando

quarta-feira, 13 de agosto de 2008 07:47 BRT
 

Por Sonia Oxley

PEQUIM (Reuters) - As ginastas russas correram para fora da arena em lágrimas, na quarta-feira, depois de deixar escapar uma medalha da prova feminina por equipes pela primeira vez em uma Olimpíada. Mas também juraram a elas mesmas que irão ao pódio nas provas individuais.

Dominante no esporte por quatro décadas como União Soviética, as russas vêm trabalhando duro, mas depois do bronze em Atenas desta vez a sorte abandonou a equipe -- que terminou atrás da China (ouro), Estados Unidos (prata) e Romênia (bronze) em Pequim.

"É muito triste que tenha acontecido", disse à Reuters Anna Pavlova, que perdeu pontos em sua rotina do solo por pisar fora do tablado depois do primeiro salto.

"Não consigo nem falar sobre isso."

Suas companheiras de equipe correram ao passar pelos repórteres, muito arrasadas para falar.

Pavlova terá a chance de melhorar o ânimo da Rússia quando competir no geral individual na sexta-feira, ao lado de Ksenia Semenova. A duplas está classificada em quinto e quarto lugares, respectivamente, para a apresentação individual.

Pavlova ainda conseguiu lugar nas finais de salto, trave e solo, enquanto Semenova terá a chance de somar o ouro olímpico a seus títulos mundial e europeu nas barras assimétricas.

Ksenia Afanasyeva (trave) e Ekaterina Kramarenko (solo) são as outras russas nas finais por aparelhos.   Continuação...